Buscar
  • clinicaalencar

O que é Odontohebiatria?


Um nome complicado para cuidar de uma das fases mais complicadas de nossas vidas – a adolescência. O nome vem da palavra grega HEBE que quer dizer juventude. Essa parte da odontologia cuida da inserção do adolescente em programas de prevenção e educação em saúde bucal, além de resolver a parte curativa quando necessário.


É uma enxurrada de hormônios que traz as mais variadas mudanças físicas e psicológicas para transformar crianças em adultos. Deixar de ser criança pode ser doloroso psicologicamente e o adolescente nesta fase de transição ainda tem atitudes de criança, mas é cobrado como se já fosse um adulto. Estresse com as obrigações do início da vida adulta, vestibular, sexo, grupos de amigos, tendências, drogas, desilusões amorosas e dúvidas.


O dentista dos jovens precisa ter habilidade no manejo desses pacientes, saber ouvir, ser um bom exemplo e se livrar de preconceitos relacionados à doenças, gravidez precoce, drogas e homossexualidade. Os adolescentes formam uma parte da sociedade que chega a ter um mundo próprio. Pensando nisso, todo o tratamento desde a anamnese (entrevista inicial feita pelos profissionais de saúde) vai ser específico e voltado aos anseios dos jovens. O dentista precisa estar atento para diagnosticar ou suspeitar de problemas como déficit de atenção, agressividade, ansiedade, disforia (sensação de melancolia e mal estar), retraimento e distúrbios alimentares como Bulimia e Anorexia.


Muitos desses distúrbios terão reflexos na boca. A Bulimia, a Anorexia e a compulsão alimentar, por exemplo, podem causar erosão dental, aumento do número de cáries, mucosite, edema de glândulas salivares e bruxismo. Além disso, é nessa fase da vida que teremos as últimas trocas dentárias e o posicionamento da dentição permanente.


Até o exame físico do dentista no adolescente tem um outro olhar. As consultas sempre serão baseadas em bastante conversa e orientações. É uma fase de reconhecimento do mundo, de novas experiências e muitas dúvidas. A Hebiatria, área da medicina que cuida dos jovens já foi reconhecida em 1998, diferente da Odontohebiatria que ainda não é considerada uma especialidade pelo CFO (Conselho Federal de Odontologia).



Fonte: http://dicasodonto.com.br

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo